Pular para o conteúdo principal

Hoje é:

A origem do Homem



Este Artigo ainda está em Estudo e você pode participar dando os seus comentários nessa Página. Veja o artigo principal: A Busca da origem do Homem em África!


A

 questão sobre a origem do Homem, isto é, do gênero humano, talvez só perca para a questão da origem da vida no que se refere aos debates científicos e filosóficos a esse respeito. Cada ciência envolvida nas investigações sobre a origem do Homem tem seus métodos próprios, mas cada uma delas se serve dos resultados das demais.
O que pode ser dito, de maneira geral, é que todas essas disciplinas (paleontologia, arqueologia, teoria evolucionista, história etc.) lidam com evidências empíricas escassas (isto é, fósseis, instrumentos rudimentares de madeira, ossos, pedras e metais) sobre as quais desenvolvem os seus métodos e extraem as suas hipóteses.

Paleontologia e evolucionismo

Desde meados do século XVIII, com o desenvolvimento da História Natural e outras disciplinas correlatas que deram origem à biologia moderna, as especulações sobre a origem da humanidade começaram a receber um tratamento científico, isto é, metódico. Todavia, foi no século XIX que as pesquisas destinadas a esse campo de estudos solidificaram-se. Associadas às pesquisas de paleontólogos, arqueólogos, etnólogos e historiadores do século XIX, algumas teorias a respeito da evolução biológica do Homem tornaram-se célebres. 

Aquela que se mostrou mais pertinente, ainda que gere discussões até os nossos dias, é a teoria da evolução das espécies de Charles Darwin. Junto à teoria da evolução, muitos cientistas ao longo de décadas de pesquisas começaram a estabelecer as características do padrão evolutivo do ser humano, desde os primeiros hominídeos até o Homo sapiens. Entre as características observadas, destacam-se: o bipedalismo, a capacidade de manipulação de objetos como as mãos (em virtude do polegar opositor) e a grande massa encefálica.

Entre o aparecimento dos primeiros hominídeos e o aparecimento do Homo sapiens, há o espaço de sete milhões de anos. Nesse intervalo de tempo, houve dois segmentos (ou gêneros) principais de hominídeos, o Australopithecos e o Homo, como segue na lista a seguir, que está em ordem cronológica de aparecimento:




O Australopithecus 
 
Os hominídeos são classificados em Australopithecus e Homo. 
O Australopithecus possuía características físicas distintas do homem de hoje. O Homo é o gênero a qual fazemos parte. 
Não há estudos que comprovam se o Homo evoluiu do Australopithecus, ou se estes são gêneros que não dependiam um do outro.

O Homo habilis 
 
Homo habilis significa “homem habilidoso”, surgiu há aproximadamente 2 milhões de anos, na mesma época do Australopithecus africanus e os Australopithecus robustus. 
Os Homo habilis tinha uma postura menos curvada que a do Australopithecus, tinha mais habilidade com as mãos e com os instrumentos, eles foram os primeiros a utilizar pedras afiadas e cortantes para auxiliar na busca de alimentos.


  O Homo erectus

Homo erectus significa “homem hereto” surgiu há aproximadamente 1,5 milhões de anos atrás. Foi originado pelos Homo habilis e se espalhou por toda Ásia e Europa. 
Esta espécie tinha a altura e a inteligência aproximada do homem atual, é muito provável que foram eles que deram inicio à linguagem falada. A descoberta do fogo distinguiu o Homo erectus de todas as espécies que haviam surgido antes e com tudo isso já era possível ter vida social, pois já viviam agrupados em comunidades e em cavernas
.
A partir de 300 000 a.C. o Homo erectus começa a passar por modificações que deram origem à espécie atual, Homo sapiens.

O homo sapiens sapiens 
 
O homo sapiens sapiens é a espécie a qual pertencemos, surgida aproximadamente 40 000 a.C. Tinham estatura maior que a da espécie anterior, com crânio e queixo arredondado. Por volta de 25 000 a.C já tinham dominado todo o planeta. 
Foi esta espécie que veio aperfeiçoando cada vez mais as estratégias de sobrevivência, ampliando as maneiras de se organizar em sociedade, e continua evoluindo até hoje e se tornando a espécie dominante.



Citação:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Texto expositivo explicativo

Texto expositivo explicativo é um texto que visa dar a conhecer fazer saber compreender um determinado assunto. É um texto cujo intenção da comunicação se prende essencialmente com conhecimento da realidade a respeito da qual oferece um saber. A finalidade é de informar transmitir conhecimento aos destinatários.

Texto Expositivo-Argumentativo

Argumento é um raciocínio lógico destinado a provar ou refutar uma informação. Ou ainda, "Um argumento pode ser definido como uma afirmação acompanhada de justificativa (argumento retórico) ou como uma justaposição de duas afirmações opostas, argumento e contra-argumento (argumento dialógico) ." E "Na lógica, um argumento é um conjunto de uma ou mais sentenças declarativas, também conhecidas como proposições, ou ainda, premissas, acompanhadas de uma outra frase declarativa conhecida como conclusão ."

Conheça as 9 melhores universidades de Moçambique

Ranking Académico:Segundo a pesquisa produzida pelo Webometrics Ranking of World Universitiescom a iniciativa de Cybermetrics Lab (Conselho Nacional de Pesquisa Espanhol), que fornece informações sobre o desempenho das Universidade de todo o Mundo, fez uma analise nesse ano de 2016 das melhores Universidade do Mundo e nós extraímos da lista as melhores de Moçambique, confira:

Notícias de Moçambique

Notícias de Moçambique
MOZNEWS

Será África berço da Humanidade?

Será África berço da Humanidade?
O Continente Africano é considerado o berço da Humanidade porque nele foram encotrados os primeiros registos fósseis mais antigos. Veja o artigo Completo clicando na Imagem!