Pular para o conteúdo principal

Hoje é:

PERANTE UMA MELODIA

Rosario Cangomba

Perante uma melodia tentei desvendar o que vagueava pelo meu cérebro,
Vejo Já fui romântico e já não o sou;
Já fui escritor amador de poesia, sonetos e já não o sou;
Indago quem eu sou, por que já não me identifico.

Perante uma melodia tentei desvendar o que vagueava pelo meu cérebro;
Vi que já não quero mais ser romântico, por que esses têm medo de serem traídos e para que isso não aconteça tentam iludirem as mulheres com suas belas palavras e suas acções tentando comove-las de que não há um mundo melhor que alguém possa as oferecer que suplante o ao seu dispor. Mas a experiência me ensinou que isso é uma questão de tempo para que descubram que estão embaídos.


 Já não quero ser escritor de poesia e nem de sonetos, porque um poeta vive um mundo de fantasias e para ele não há limites e tudo no seu mundo é possível desde que ele queira. Mal que descobre o amor da sua vida ele também descobre que o amor tem suas próprias regras e ele não pode fazer o que bem entender e logo se apercebe; é melhor fantasiar em poemas o amor como tal do que poder o viver.

O amor é traiçoeiro, não se procura, deixe-o te achar. Quando te empenhas por ele, ele se empenha por outra pessoa. Essa é a história de muitos que amam alguém que ama outra pessoa, chamando isso de amor não correspondido.

O amor é como vento e você caro amigo, o marinho a bordo no alto-mar. A melhor opção em tudo isso é sempre seguires a direcção do vento e muitos que já tentaram a contrariar saíram machucados.

Perante uma melodia tentei desvendar o que vagueava pelo meu cérebro; descobri que sou como o sol e o meu sorriso é visto por todos, quando o tempo em mim esta de bom humor e por ninguém quando estou bravo.

Nunca pensei que eu amaria a tristeza, mas amo. Pois dela vem minha inspiração e meu sucesso. Quando fico triste penso em mim como alguém que sempre falha e procuro melhorar os meus erros enquanto a felicidade me cega como uma noite escura, fazendo-me jactar-se do meu sucesso.

Feito por Rosário Cangomba no dia 23 de Junho de 2018
Titulo: Perante uma melodia|©2018 Beira, Sofala Moçambique

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Texto expositivo explicativo

Texto expositivo explicativo é um texto que visa dar a conhecer fazer saber compreender um determinado assunto. É um texto cujo intenção da comunicação se prende essencialmente com conhecimento da realidade a respeito da qual oferece um saber. A finalidade é de informar transmitir conhecimento aos destinatários.

Conheça as 9 melhores universidades de Moçambique

Ranking Académico:Segundo a pesquisa produzida pelo Webometrics Ranking of World Universitiescom a iniciativa de Cybermetrics Lab (Conselho Nacional de Pesquisa Espanhol), que fornece informações sobre o desempenho das Universidade de todo o Mundo, fez uma analise nesse ano de 2016 das melhores Universidade do Mundo e nós extraímos da lista as melhores de Moçambique, confira:

Texto Expositivo-Argumentativo

Argumento é um raciocínio lógico destinado a provar ou refutar uma informação. Ou ainda, "Um argumento pode ser definido como uma afirmação acompanhada de justificativa (argumento retórico) ou como uma justaposição de duas afirmações opostas, argumento e contra-argumento (argumento dialógico) ." E "Na lógica, um argumento é um conjunto de uma ou mais sentenças declarativas, também conhecidas como proposições, ou ainda, premissas, acompanhadas de uma outra frase declarativa conhecida como conclusão ."

Notícias de Moçambique

Notícias de Moçambique
MOZNEWS

Será África berço da Humanidade?

Será África berço da Humanidade?
O Continente Africano é considerado o berço da Humanidade porque nele foram encotrados os primeiros registos fósseis mais antigos. Veja o artigo Completo clicando na Imagem!