Pular para o conteúdo principal

Hoje é:

Estudo de muro de revestimento vegetal


Introdução

O presente trabalho vai desenvolver assunto relaciona a muro de revestimento vegetal. “O muro de revestimento vegetal ou como é designado em brasil; muro vivo pode facilitar a inserção da vegetação nas cidades, pois compensa a falta de espaços livres no solo utilizando as fachadas, as quais estão amplamente disponíveis. Além disso, a tecnologia propicia um ambiente bastante agradável do ponto de vista do conforto térmico, evitando, ao mesmo, o uso do ar condicionado, um equipamento com consequências negativas ao meio ambiente”.
Nesse caso, para melhor entendimento fez-se uma pesquisa apresentado nesse trabalho que vai detalhar acerca de como fazer e cuidar do muro de revestimento vegetal.


                                                                                                        




Glossário

Buxinho é uma planta arbusto e lenhosa, muito utilizada para a topiaria, por suas inúmeras qualidades. Sua folhagem verde escura é resistente e regenera-se bem das podas semestrais. 
Desempenadeira, desempoladeira ou ainda desemboladeira é o instrumento de construção formado por uma chapa metálica ou madeira rectangular, com uma empunhadura no centro. Sua função é alisar a argamassa já aplicada à superfície ou, ainda, produzir sulcos nessa massa para melhor fixação de cerâmicas e pedras artesanais. No caso de cerâmicas e demais pedras para assentamento, usa-se a de face dentada.
Gardênia é um género botânico pertencente à família Rubiaceae.  O género foi classificado por Carl Linnaeus a partir do nome dado pelo Dr. Alexander Garden (1730-1791), naturalista americano de origem escocesa.
Murta-de-cheiro é um arbusto grande ou arvore-ta, que pode alcançar até 7 metros de altura. Muito utilizada para a formação de cercas-vivas, a murta-de-cheiro apresenta ramagem lenhosa e bastante ramificada. Suas folhas são pinadas, com 3 a 7 folíolos pequenos, elípticos, glabros, perenes, brilhantes e de coloração verde-escura
Muro de revestimento vegetal (Português de Portugal) ou muro verde (português de brasil) é uma maneira simples de contar com um jardim vertical em locais onde se dispõe de pouco espaço.
Talhadeira é uma ferramenta de corte feita de um corpo de aço, de secção circular, rectangular, hexagonal ou octogonal, com um extremo forjado, provido de cunha, temperado e afiado convenientemente, e outro chanfrado denominado cabeça.
Vedete é como eram chamadas, no teatro de revista, as actrizes que sobressaíam durante as apresentações.
Em química, o potencial hidrogeniônico — referido comummente como pH — é uma escala numérica a dimensional utilizada para especificar a acidez ou basicidade de uma solução aquosa. Uma boa aproximação geralmente utilizada é o logaritmo na base dez da concentração de íons hidrónio em mol por litro multiplicado por menos um (-1).

Estudo de muro de revestimento vegetal

Muro de revestimento vegetal ou muro verde é uma maneira simples de contar com um jardim vertical em locais onde se dispõe de pouco espaço. Também conhecida como parede verde, pode ser instalada em ambientes internos e externos e é construída com blocos cerâmicos especiais com diversos módulos para compor projectos de paisagismo de vários tipos. As plantas são posicionadas dentro dos blocos, que funcionam como vasos (pelo interior das peças também passam tubos responsáveis pela irrigação de água por gotejamento).
 
Trata-se de uma solução versátil para o cultivo de espécies aromáticas, flores exóticas, temperos para cozinha, horta, entre outras plantas, que pode ser aplicada em paredes com alturas variáveis e diversos formatos.
Muros de revestimento vegetal servem basicamente para demarcar território, o que poderia conferir a ele uma aura impessoal, fria e sem vida. Para evitar o ar excessivamente urbano que o cimento e as estruturas metálicas dão aos muros, arquitectos e paisagistas apostam em soluções verdes oriundos de trepadeiras, espécies arbustivas e a mais nova vedete, os chamados jardins verticais. 


Factores que englobam na construção do muro de revestimento vegetal

Fazer um muro verde engloba diversos factores, como escolher plantas de acordo com o clima, saber as técnicas de manutenção envolvidas e qual tipo de planta é a mais adequada, entre outros. 

• Cercas vivas - Nada mais tradicional do que usar arbustos topiados para delimitar os espaços. Embora mais comuns em xácaras e áreas rurais, o uso da cerca viva em muros e renques dá ao ambiente um frescor e um ar ecologicamente correto. Os arbustos mais usados para a confecção de cercas vivas são o buxinho (Buxus sempervirens), a murta-de-cheiro (Murraya paniculata) e a gardénia (Gardénia jasminoides). 

• Trepadeiras em muros e treliças  – tão tradicional quanto o uso dos arbustos acima descritos, o plantio de espécies trepadeiras que se ramificam em caules semilenhosos são lembrados por conta de duas características marcantes: o aumento do conforto térmico do quintal e a eliminação de espaços destinados ao vandalismo das pichações em muros. A hera (Hédera hélix) e a unha-de-gato (Ficus pumila) são mais comuns por serem mais resistentes.

• Vasos e garrafas PET  – vasos cerâmicos cortados pela metade de forma longitudinal e inseridos nas paredes são uma excelente alternativa para pequenos espaços ou para quem não pode dispor de tempo ou de um jardineiro para cuidar de uma cerca viva.

Nesse caso, usa-se flores e folhagens mais apreciados pelos proprietários, preferencialmente plantas que preferem meia-sombra. Uma alternativa aos vasos foi apresentada pelo arquitecto Marcelo Rosenbaum no televisivo quadro “Lar Doce Lar”: garrafas PET que podem ser suportem.


 • Blocos cerâmicos ou de cimento - usando o mesmo princípio dos vasos nas paredes, fixa-se blocos de cerâmica ou de cimento no futuro muro verde para depois instalar sistema de irrigação e plantar flores, arbustos ou forragens.  O método de instalação vária de acordo com o material escolhido, mas a impermeabilização prévia dos blocos para impedir a contaminação das plantas é obrigatória. Existem blocos pré-moldados que não requerem mão-de-obra especializada, bastando que os módulos sejam colocados rente ao muro.  A escolha da planta para fazer o muro verde é de vital importância, e o primeiro passo é verificar a posição geográfica do muro em questão, principalmente quanto ao horário de incidência de raios solares. O sistema de irrigação também precisa ser criteriosamente estudado, além do substrato e do seu nível de pH, época de floração e podas de manutenção de plantas ornamentais ou mesmo de hortas e herbários. 

Medidas do muro de revestimento vegetal

Os módulos cerâmicos básicos de 29 cm x 25 cm x 19 cm (largura x altura x profundidade) devem ser executados com a primeira fiada para amarração como na alvenaria convencional. O tamanho máximo sugerido é de 2,5 m de altura e 3 m de comprimento. Acima disso, recomenda-se a elaboração de um projecto estrutural e a verificação da resistência do solo. Para cada metro quadrado de jardim vertical são utilizadas 13,5 peças.

Entre as vantagens dos jardins verticais está a redução da poluição sonora, pois as plantas absorvem ruídos e funcionam como revestimento acústico, além da redução da poluição do ar e do isolamento térmico que garantem a melhora do microclima local.
Em ambientes fechados, uma parede verde pode diminuir até 3 °C de temperatura, com economia no uso de ar-condicionado.

Para o acabamento pode-se utilizar tinto látex acrílico, silicone, pastilhas cerâmicas ou outros materiais de revestimentos. Assim, o projecto pode ser personalizado de acordo com cada ambiente, permitindo as mais diferentes soluções e desenhos.

Material para construção do muro de revestimento vegetal

Capacete, óculos de protecção, luvas, colher de pedreiro, desempenadeira, desempenadeira denteada, trena, martelo, alicate, talhadeira, escova, esponja, pincel, rolo de pintura, lápis, serra mármore e argamassa colante.

Método de construção do muro de revestimento vegetal passo a passo

Se o muro ou parede estiverem prontos e revestidos com argamassa, é importante apicoar a superfície com talhadeira para dar aderência. Neste exemplo, em que o muro está directamente sobre uma parede de tijolos, pode-se pular essa etapa. Nos dois casos, molhe o local para o início do assentamento.


1° Passo
 
Faça a demarcação com a linha e certifique-se se o prumo está correto. Para fazer a amarração, use apenas blocos inteiros na primeira fileira.
2° Passo
Prepare a argamassa, que deve ser do tipo AC III, de acordo com as instruções do fabricante e comece a aplicação nas peças cerâmicas e na parede.
3° Passo
Use desempenadeira denteada para passar a argamassa na peça cerâmica e na parede a fim de conseguir uma melhor aderência.
4° Passo
A cada fiada, use os meios blocos para conseguir a modulação correta
5° Passo
Quando terminar a colocação dos blocos, espere por quatro horas para destacar as faces das peças cerâmicas, expondo a cavidade do módulo.
6° Passo
Após o destacamento, faça o rejunte com a própria argamassa de assentamento.
7° Passo
Com uma esponja húmida, retire o excesso de material do rejunte da parte interna e externa dos módulos cerâmicos.
 
8° Passo
Para que o muro verde não tenha problemas com infiltrações, use impermeabilizante atóxico para produtos cerâmicos nas cavidades internas dos módulos.
9° Passo
Monte a tubulação e instale o sistema de irrigação por gotejamento.
10° Passo
Utilize a peça cerâmica específica para fazer o acabamento e esconder a tubulação.
11° Passo
Faça o acabamento com tinta látex, silicone, pastilhas cerâmicas ou outros materiais. 
12° Passo
Após mais ou menos sete dias já é possível colocar a terra ou substrato na cavidade onde as espécies vegetais serão plantadas. Cubra com a terra a tubulação de irrigação já instalada anteriormente.
13° Passo
Acomode as plantas e regue em seguida para que se desenvolvam.
14° Passo
 
Depois de as plantas enraizarem e crescerem, essa é a aparência final do muro de revestimento vegetal ou verde.

Como tratar muro de revestimento vegetal ou verde

§  Impermeabilização: ao fazer um muro verde é imprescindível que se impermeabilize a superfície antes. Afinal o muro já vai ter uma camada sobreposta, o que o impede de tomar sol directo e ainda há a humidade das plantas e a rega. Para isso, impermeabilizar o muro é essencial para que não haja problemas, como infiltração.

§  Poda: para que o muro verde tenha um visual bonito as podas devem ser frequentes, caso contrário a casa vai ficar com ares de lar abandonado.

§  Planta: a escolha da planta certa para cada tipo de muro verde é essencial. Primeiro você precisa se decidir por qual estilo de muro verde vai querer, assim fica mais fácil de ir em busca da planta que é adequada para cada tipo de jardim vertical.

§  Interior de casa: o muro verde também pode ser uma opção para usar dentro de casa e dar um visual mais natural ao ambiente interno. No entanto, quando o uso é no interior da residência, é indicado contratar um profissional para a instalação, orientações e recomendações a serem tomadas.



Conclusão

O muro de revestimento vegetal ou verde é uma maneira simples de contar com um jardim vertical em locais onde se dispõe de pouco espaço. Também conhecida como parede verde, pode ser instalada em ambientes internos e externos e é construída com blocos cerâmicos especiais com diversos módulos para compor projectos de paisagismo de vários tipos. 
O muro já foi muito usado há alguns anos e passou um tempo esquecido, mas agora a onda de usar muro coberto por vegetação voltou e a ideia veio para ficar. Proporcionando uma vantagem acústica e de beleza inigualável o muro de revestimento vegetal é uma opção ideia para a construção.







Referência bibliográfica



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Texto expositivo explicativo

Texto expositivo explicativo é um texto que visa dar a conhecer fazer saber compreender um determinado assunto. É um texto cujo intenção da comunicação se prende essencialmente com conhecimento da realidade a respeito da qual oferece um saber. A finalidade é de informar transmitir conhecimento aos destinatários.

Texto Expositivo-Argumentativo

Argumento é um raciocínio lógico destinado a provar ou refutar uma informação. Ou ainda, "Um argumento pode ser definido como uma afirmação acompanhada de justificativa (argumento retórico) ou como uma justaposição de duas afirmações opostas, argumento e contra-argumento (argumento dialógico) ." E "Na lógica, um argumento é um conjunto de uma ou mais sentenças declarativas, também conhecidas como proposições, ou ainda, premissas, acompanhadas de uma outra frase declarativa conhecida como conclusão ."

Conheça as 9 melhores universidades de Moçambique

Ranking Académico:Segundo a pesquisa produzida pelo Webometrics Ranking of World Universitiescom a iniciativa de Cybermetrics Lab (Conselho Nacional de Pesquisa Espanhol), que fornece informações sobre o desempenho das Universidade de todo o Mundo, fez uma analise nesse ano de 2016 das melhores Universidade do Mundo e nós extraímos da lista as melhores de Moçambique, confira:

Notícias de Moçambique

Notícias de Moçambique
MOZNEWS

Será África berço da Humanidade?

Será África berço da Humanidade?
O Continente Africano é considerado o berço da Humanidade porque nele foram encotrados os primeiros registos fósseis mais antigos. Veja o artigo Completo clicando na Imagem!